.
   :: História
   :: Títulos
   :: Símbolos
   :: Ídolos
   :: Esportes Amadores
   :: Lendas
 
   .: Patacoadas
   .: Entrevistas
   .: Downloads
   .: Links
   .: Charges
 
   .: A 3ª Maior do Brasil
   .: Pesquisas
   .: Feminino
   .: Mirim
   .: Famosos
   .: Eventos
   ::  Organizadas
 
 
 
 
 
A conquista do Mundial de 1992
13/12 - 12h28

No dia 13 de dezembro de 1992, o São Paulo superou o Barcelona por 2 a 1, com dois gols de Raí, e venceu pela primeira vez o Mundial Interclubes. Essa história, que começou com a conquista da Copa Libertadores da América na maior festa que o Morumbi já viu até hoje, quando o Tricolor bateu o Newell's Old Boys, da Argentina, nos pênaltis, terminou com a torcida parando a capital paulista quando a delegação retornou com o mais importante troféu da história do clube, até então.
O adversário são-paulino no Japão, o Barcelona, era o franco favorito - ao menos, para a imprensa mundial. Liderados pelo gênio da "Laranja Mecânica", o holandês Cruyff, o time catalão também possuía jogadores de alto nível, cujo principal expoente era o búlgaro Stoichkov, que em 1994 se tornaria um dos destaques da Copa do Mundo.

De quebra, o Tricolor vinha de uma maratona de jogos. Naquele fim de ano, o São Paulo havia derrotado o Palmeiras no primeiro jogo da final do Campeonato Paulista por 4 a 2 (em um show de Raí, que marcou três gols). Na sequência, a delegação viajou rumo ao Oriente para disputar a mais importante competição de clubes do planeta. Depois do título mundial, ainda de ressaca, os Tricolores venceram novamente o rival, desta vez por 2 a 1 e conquistaram também o Paulistão, sem nenhuma mancha na faixa de campeão. Mas essa é outra história...

O JOGO

Nervosismo, ansiedade ou até mesmo respeito ao adversário em demasia. Tudo isso pode justificar o fato dos europeus terem começado a partida com absoluto domínio sobre os são-paulinos, tomando conta do campo brasileiro, trocando e invertendo muitas bolas, e atrapalhando o sistema defensivo do Tricolor. Assim, aos 12 minutos, Stoichkov - justo ele - abriu o marcador em favor dos espanhóis.

E tudo começou, naquela partida, com um susto e a ameaça de tudo ir por água baixo logo nos primeiros momentos. Aos 12 minutos de jogo, Stoichkov – o ídolo maior do time espanhol, abriu o marcador contra o Tricolor com um gol categórico, de fora da área ao ângulo da meta.

Porém, o time são-paulino não se abateu e pouco depois quase empatou com um forte chute de Cafu, também de fora da área, obrigando bela defesa de Zubizarreta – mostrando aos catalães que o Tricolor estava vivo na disputa. Mais que isso, a partir daquele momento passou a tomar conta do jogo e Ronaldo Luiz quase fez um gol espetacular, de muito longe, na lateral esquerda, aos 24 minutos.

O São Paulo era melhor e, três minutos depois, fez valer a superioridade em campo e empatou o placar após preciosa jogada de Müller, que deixou o adversário zonzo, e ao instinto de finalização de Raí.

A partir de então o jogo tornou-se mais dinâmico e o Tricolor passou a ser ainda mais perigoso: Müller quase marcou um gol épico, encobrindo o goleiro adversário, que foi impedido pelo zagueiro embaixo do arco. O Barcelona tentava contra-atacar, mas Zetti garantia o resultado sob às traves. E quando a bola passou por ele, ao final da primeira etapa, lá estava Ronaldo Luiz, o santo da marca da cal, para salvar em cima da linha!

No período complementar, o São Paulo se sobrepujou ao Barcelona não somente tecnicamente, mas também fisicamente. Müller, Cafu e Vítor – os mais velozes –, destroçaram o desempenho dos defensores espanhóis. Zubizarreta, em quatro incríveis oportunidades, teve que se virar para impedir que o Tricolor desempatasse o resultado.

Aos 34 minutos, depois de Palhinha sofrer falta na entrada da área, não haveria nada mais que o arqueiro rival pudesse fazer. Raí pegou a bola para cobrar a falta. Cafu parou ao seu lado. Pintado chegou junto a eles e vibrou como se antevisse o que estava por vir. E então...

Gol! Um golaço! No ângulo! Raí, com maestria colocou o São Paulo à frente do placar. E o goleiro nem se mexeu. O lance foi tão perfeito que sempre se imaginou que a jogada fora muito trabalhada, ensaiada em treinamentos..., mas não. Nunca havia acontecido. O próprio Raí não era de fazer muitos gols de falta. Mas ali era para ser. Era o destino.

O que se viu a seguir foi o camisa 10, em plena alegria, correr para o banco de reservas na tentativa de agradecer ao mestre, com carinho, por toda a jornada que haviam caminhados juntos até aquele momento de glória. Porém, os colegas tricolores reservas, em comemoração efusiva, invadiram o campo para lhe abraçar e o impediram de chegar até Telê, que sorria como um menino sentado no banco.

O São Paulo sagrou-se campeão mundial! E isto, todos esses momentos marcantes, toda essa emoção, foi apenas a primeira vez.

FICHA DO JOGO

13.12.1992
Tóquio (Japão)
Estádio Nacional de Tóquio

Fútbol Club BARCELONA 1 X 2 SÃO PAULO Futebol Clube

FCB: Zubizarreta; Ferrer, Ronald Koeman, Guardiola e Eusébio; Bakero (Goicoechea, 6'/2), Amor, Stoichkov e Michael Laudrup; Richard Witschge e Beguiristain (Nadal, 34'/2). Técnico: Johan Cruyff.

Gol: Stoichkov, 12'/1.

SPFC: Zetti; Vítor, Adílson, Ronaldão e Ronaldo Luís; Pintado, Toninho Cerezo (Dinho, 38'/2), Raí (capitão) e Cafu; Palhinha e Müller. Técnico: Telê Santana.

Gols: Raí, 27'/1; Raí, 34'/2.

Árbitro: Juan Carlos Loustau (Argentina)
Assistente 1: Park Hae Yong (Coréia do Sul)
Assistente 2: Shinichiro Obata (Japão)
Renda: US$ 2.500.000,00
Público: 60.000 pagantes

Fonte: Site Oficial [!] Enviar esta notícia para um amigo 

Deixe seu comentário também em nossa Lista de Discussão ou participe do nosso Fórum.

28/09 - 00h50 » Diniz analisa ano à frente do São Paulo
27/09 - 00h58 » Igor Gomes diz que São Paulo sai chateado com o empate
27/09 - 00h57 » Diniz vê o São Paulo superior ao Inter
26/09 - 22h13 » Após nova reunião com clubes, sem Flamengo e Ferj, C...
26/09 - 22h12 » Tricolor empata com o Internacional no Beira-Rio
26/09 - 16h29 » Tricolor enfrenta o Internacional em disputa direta ...
24/09 - 23h46 » São Paulo tem a pior média defensiva entre os clubes...
24/09 - 23h42 » Pablo tem maior índice de erros em finalizações no C...
24/09 - 23h39 » Daniel Alves vai com elenco do São Paulo em viagem c...
24/09 - 23h36 » Elenco se reapresenta e treina para encarar o Inter
14/09 - 21h55 » São Paulo atualiza lista de inscritos para o retorno...
12/09 - 23h09 » Diniz defende Tiago Volpi
12/09 - 22h24 » "Mohamed" Gabriel Sara ganha apelido após gols em cl...
12/09 - 21h50 » Santos e São Paulo empatam em clássico eletrizante n...
12/09 - 12h27 » Na Vila Belmiro, Tricolor visita o Santos
12/09 - 12h25 » Fernando Diniz deve usar força máxima no clássico
12/09 - 12h13 » Liziero passa por cirurgia e projeta "volta o quanto...
12/09 - 12h06 » Aproveitamento em clássicos: Diniz só perde para Leão
12/09 - 12h02 » Em Foco: Hernanes 300
09/09 - 23h37 » Diniz fala sobre novo tropeço e oscilação do São Pau...
09/09 - 23h34 » Hernanes celebra 300 jogos e se safa de derrota: “Um...
09/09 - 23h27 » Nota oficial
09/09 - 23h26 » No Morumbi, São Paulo 1 x 1 Red Bull Bragantino
06/09 - 20h44 » Diniz: "O Brenner tem o carisma do gol"
06/09 - 19h14 » De virada, São Paulo vence o Fluminense
06/09 - 15h24 » Com Reinaldo à disposição, São Paulo pode voltar a t...
06/09 - 15h20 » Diniz reencontra Fluminense em busca de afirmação
06/09 - 15h16 » São Paulo recebe o Fluminense no Morumbi
06/09 - 15h12 » Pablo sofre lesão muscular no tronco e não enfrentar...
03/09 - 22h53 » São Paulo elege dez novos conselheiros vitalícios ap...
03/09 - 22h50 » No Mineirão, Atlético 3 x 0 São Paulo
30/08 - 15h13 » Diniz aponta São Paulo como candidato ao título
30/08 - 14h57 » Herói no clássico, Brenner dedica gol a preparador f...
30/08 - 14h49 » Hernanes cita conversa com Diniz e respaldo da diret...
30/08 - 13h56 » Com golaço de falta e outro nos acréscimos, São Paul...
29/08 - 21h38 » Informações de São Paulo x Corinthians
29/08 - 21h38 » Conselho do São Paulo aprova contas de 2019 com défi...
29/08 - 21h11 » Conselho do São Paulo aprova contas de 2019 com défi...
29/08 - 21h09 » Hernanes titular no clássico
29/08 - 21h06 » Pablo projeta Majestoso: "Vencer é o mais importante"

Digite o conteúdo a ser buscado nas notícias do site:
• Copyright 2003 - Todos os direitos reservados a Tricolormania •
   :: Patrimônio
   :: Elenco
   .: Tabelas
   .: Notícias
   .: Voz do Presidente
   .: Fotos Exclusivas
   .: Vídeos Exclusivos
   .: Gesp
 
   .: Quem Somos
   .: Ideais
   .: Manifestos
   .: Equipe
   .: Juris-Tricolor
   .: Ação Social
   .: Loja Virtual
   .: Página Inicial